• Agência Towanda

Poesias de Otail: "Amor"


Ah!

E eu sei da tua existência

Pelo cheiro do vento.

Mesmo assim,

Não te encontro

Voando pela brisa

Nesses dias cálidos de verão.

Mas estás lá...

Por isso

Acredito que existas!

Mesmo que sejas

Um canto longínquo,

Sei lá,

Um pássaro lilás,

Uma cigarra fugaz...

É claro que a natureza

Está longe,

E por todos os lados,

A cerca de concreto

Abafa o som com

Suas mãos de buzinas...

No entanto,

Creio no teu aparecimento,

Quando a noite

Aponta negra

Sobre o azul das montanhas...

Feito estrelas cintilantes...

Mesmo que chova muito,

E os relâmpagos

Encham de medo

Os meus aflitos olhos!


Conheça o autor


Otail Santos de Oliveira, bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Sul de Minas, Mineiro Pão de Queijo Raiz, de Pouso Alegre; Militante Ambiental e Ecologista, entre 1999 e 2010 membro fundador do GVIBRA – Grupo Ecológico Via Brasil; Voluntário e Evangelizador no Grupo de Fraternidade Espírita Irmão Alexandre entre 1998 e 2016; Com a Poesia, diversos prêmios em festivais em Minas e outros estados, sendo que alguns deles em Pouso Alegre (FEPE e FESPROVE). Chegada no Planeta 30/07/1961, sem data para partida.


0 comentário