• Agência Towanda

Após 40 anos separados, pai e filha dão o primeiro abraço

Atualizado: Set 14

Por: Elen de Souza

Imagem: Rede BCN

A história do aposentado Célio Aquiles Lima e da assistente social Cristiane Maciel até parece um roteiro de novela. Há 40 anos o então jovem Célio engravidou sua namorada, a mesma mudou-se para o Rio de Janeiro e eles perderam contato. Iniciava então a jornada de um pai para encontrar sua filha.


Cristiane durante anos pensou que o pai não queria ter contato com ela. Em entrevista para a Rede BCN, declarou que chegou a pensar que tudo era um descaso de seu pai.


“Como ele não me encontrava, eu achei que ele não queria. E eu ficava na boa, né. Não corria atrás. Eu ficava preocupada, pensando: ‘Ele não quer, ele sabe que eu existo’. Só que era o contrário, ele tentava de várias formas me achar e não conseguia”, conta.


Imagem: Rede BCN

No início de 2021, ela fez 40 anos e decidiu ir em busca do pai. Então, com ajuda de uma tia, as buscas por Célio começaram. Após alguns desencontros, finalmente a espera que durou 40 anos terminou e pai e filha enfim conseguiram se encontrar.


O tão esperado encontro de aposentado Célio Aquiles Lima e da assistente social Cristiane Maciel, pai e filha que se encontraram pela primeira vez depois de décadas de buscas


“Eu sempre tinha fé, eu sempre tive fé em Nossa Senhora Aparecida. Dizia: ‘Eu sei que um dia, antes de morrer, vou encontrar minha filha'”, afirma o pai.


O encontro dos dois ocorreu no Distrito Federal, onde Célio mora. Cristiane não hesitou em ir ao encontro do pai. Após o emocionado primeiro encontro, pai e filha foram ao cartório para que Célio pudesse reconhecer oficialmente a paternidade da filha.


“Isso só me completou. Foi um presente de aniversário tremendo, um divisor de águas na minha vida”, conta Cristiane.


Fonte: Rede BCN

0 comentário