• Agência Towanda

Clara Sol


Clara Sol é mulher bonita

Seus cabelos são fogos

Espalhados no horizonte

Seu amor ninguém conhece

Em seus grandes olhos tudo aquece...

O seu coração longe palpita

Clara Sol é mulher bonita

É moça dada, terna...

Ama sim, como quem beija o vento

Despreocupada com a vida indo embora...

Não chora o seu olhar de esperança

Curvando-se a noite feita escura...

Linda, ela beija a lua

Desfia as nuvens e borda as estrelas...

Clara Sol não é da noite

Clara Sol é mulher bonita

Noiva do dia, amante do fogo...

Filha de Marte, irmã de Mercúrio...

E voa o universo semeando a beleza

É mãe da vida, sonho dos poetas

Clara Sol é mulher bonita

É a própria vida... é a poesia...


Pouso Alegre (MG), 19 de março de 1983.

Livro: Aspectos de uma solidão


Conheça o autor

Otail Santos de Oliveira, bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Sul de Minas, Mineiro Pão de Queijo Raiz, de Pouso Alegre; Militante Ambiental e Ecologista, entre 1999 e 2010 membro fundador do GVIBRA – Grupo Ecológico Via Brasil; Voluntário e Evangelizador no Grupo de Fraternidade Espírita Irmão Alexandre entre 1998 e 2016; Com a Poesia, diversos prêmios em festivais em Minas e outros estados, sendo que alguns deles em Pouso Alegre (FEPE e FESPROVE). Chegada no Planeta 30/07/1961, sem data para partida.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo