• Agência Towanda

Elefanta perde pata em mina terrestre e ganha prótese

Por: Elen de Souza


A elefanta Mosha, de 7 meses de vida, foi resgatada e encaminhada para a Fundação Amigos do Elefante Asiático, o primeiro hospital para elefantes no mundo

Aos 7 meses de vida, elefanta Mosha perdeu uma das patas ao pisar em uma mina terrestre na fronteira da Tailândia com Mianmar. Após ter sido resgatada, ela foi encaminhada para a Fundação Amigos do Elefante Asiático, o primeiro hospital para elefantes no mundo.


Para poder voltar a caminhar livremente ela precisaria de uma prótese. Assim, o cirurgião ortopédico Jungle Doctor juntamente com a equipe da Fundação projetaram uma prótese para que ela usasse ao longo da vida. Conforme ela vai crescendo, a equipe vai ajustando a prótese de acordo com suas necessidades. Ao todo ela já usou dez, sendo sua última prótese feita com termoplástico, aço e elastômero.


Graças ao empenho de todos os envolvidos na ação, a trágica história de Mosha teve um final feliz.

0 comentário