• Agência Towanda

Flor-de-lis

Atualizado: Abr 29

A preocupação é ocupação da mente no que, antes, ela mesma concentrou a atenção.

Então, a pré-ocupação vem a ser o que nos ocupa, agora, a mente constantemente reavivado na memória.

“Não vos preocupeis” – ensinou o Mestre – como a sugerir que a atenção é relevante, no sentido de desfocalizar toda eventualidade que vá na direção contrária à harmonia da vida.

A atenção possui vínculo estreito com a memória, porquanto, toda vez que esquecermos olhos e ouvidos exclusivamente nos incidentes que nos cercam os passos, acabaremos por fixar na esfera mental as imagens felizes ou menos felizes relacionadas a tais eventos – desencadeando pensamentos e ações que ajudam ou desajudam nosso caminhar, à frente de desafios que nos espreitam a estrada, entregues a nós outros pelas mãos invisíveis do destino.

É porque Ele ensinou confiança incondicional em nosso Pai Celestial.

Buscar o essencial, e no restante – em todas aquelas coisas que não dependem de nós – depositar todos os medos, inquietações e inseguranças em Suas mãos – jamais esquecendo de fazer a nossa parte.

O medo e a ansiedade (filhas da pré-ocupação) criam os monstros que nos devoram aos poucos por dentro, roubando toda a Paz que nos habitaria, soubéssemos agir como foi preconizado por Ele: “Se teu olho for simples, todo o teu corpo será luminoso…”

Ensinando-nos a pensar com a Natureza, pediu-nos que contemplássemos “os lírios do campo” – indicando com isso que o Cuidador é Presença em tudo e em todos – que Paulo sintetizou nesta frase: “Em Deus somos e nos movemos”.

Ele veste o lírio com mais beleza do que Salomão jamais se vestiu…

Providencia alimento farto às aves do céu…

Cuida, até mesmo, das ervas do campo…

Por isso, o “não vos preocupeis” dEle nos convida – mormente nos dias de hoje – a aprender a pensar as questões hodiernas sem tintar os horizontes com as cores da tristeza e do medo – mas fazendo a nossa parte – e confiando plenamente que Ele está desde antes do começo dos tempos fazendo a dEle.


Conheça o autor

Antonio Carlos Tarquínio é Mestre e Doutor em Philosophía pela PUC -SP.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo