• Agência Towanda

NASA homenageia Mary W. Jackson a 1ª engenheira negra da agência

Por: Elen de Souza



Mary W. Jackson — Foto: Divulgação/Nasa

Mary W. Jackson foi uma importante engenheira que iniciou seu trabalho na NASA em 1951, alcançando em 1979 o mais alto cargo de seu departamento. Ela participou do programa Apollo — que com a Apollo 11, proporcionou a chegada do homem à Lua em 1969. Jackson superou inúmeras barreiras causadas pela segregação racial e o preconceito de gênero, vindo a se tornar referência para muitas mulheres até os dias atuais .


Para homenagear o trabalho de Jackson, a NASA ira renomear a sua sede em Washington com o nome dela. Em um pronunciamento realizado no dia 24 de junho, o administrador da NASA Jim Bridenstine ressaltou a importância da engenheira.


Será um grande lembrete de que Mary foi uma das mais incríveis e talentosas profissionais na história da NASA e que contribuiu para o sucesso da agência.”


A engenheira se tornou ainda mais conhecida quando foi retratada no filme Estrelas Além do

Mary W. Jackson Sede da NASA - Foto: Nasa

Tempo. Além desta homenagem, em 2019, a Nasa renomeou outro prédio com o nome de uma cientista que trabalhou na instituição, Katherine Johnson, que também é retratada no mesmo filme. Além disso,a rua em frente à sede foi batizada como "Via das Figuras Escondidas" (o nome do filme em inglês é "Hidden Figures", que, traduzido literalmente, seria figuras escondidas).


Também em 2019, o presidente Donald J. Trump assinou a Lei da Medalha de Ouro do Congresso de Figuras Escondidas, que concedeu postumamente a honra a Jackson, que faleceu em 2005, e suas colegas de "Figuras Escondidas" Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Christine Darden.


Fonte de pesquisa: G1 e MS Notícias

Todos os direitos reservados para Towanda. 

  • Ícone preto do Instagram