• Agência Towanda

Perfume Francês

Atualizado: 8 de Dez de 2020

“Nem sempre a luz reside onde a opinião comum pretende observá-la ”


A cada dia que passa percebe-se um pouco mais a necessidade de se saber identificar a luz nos caminhos humanos. Geralmente é vista na pessoa de fala fácil, às vezes mansa, noutras pomposa e artificial.

Isso acontece porque não somos afeitos à essência, e ainda muito apegados à aparência.

Se desce um moço bem vestido de um carro de luxo, e entra num estabelecimento comercial, regado a perfume francês – é imediatamente identificado como ‘gente de bem’ – e será tratado com excesso de cortesia e gentileza, não obstante, poderá ocorrer que seja na verdade um golpista a provocar enorme dano aos incautos invigilantes.

Já o atendimento a um trabalhador sujo de graxa, tímido e um pouco envergonhado por apresentar-se assim, é quase certo será recebido de forma desigual àquela do ladrão bem trajado.

As ocorrências mostram claramente a necessidade de aprendizado de reais valores para a identificação das luzes verdadeiras.

No entanto, não nos iludamos quanto a isso, dado que somente a alma transformada nas lides do bem, estará apta a enxergar o bem ao redor de si.


Conheça o autor

Antonio Carlos Tarquínio é Mestre e Doutor em Philosophía pela PUC -SP.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo